top of page

Serra Acima - projeto de interesse público em favor da natureza

Atualizado: 31 de out. de 2023


Matérias como esta, extraída do portal Serra Acima, merece ser replicada como exemplo de trabalho de interesse público em favor da cidadania.


Serra Acima — Associação de Cultura e Educação Ambiental é uma Organização Social de Interesse Público — OSCIP, fundada em 1999.
Sediada no município de Cunha, estado de São Paulo, atua na região do Vale do Paraíba Paulista, visando incentivar a geração participativa de conhecimentos e práticas ambientalmente sustentáveis e socialmente justas, empregando conceitos e ferramentas da agroecologia.
Desenvolve ações e projetos voltados para a conservação ambiental (proteção de nascentes, recuperação da Mata Atlântica e eliminação da dependência de insumos de síntese química) com ênfase na geração de trabalho e renda para famílias agricultoras.

A 11ª Feira de Trocas de Sementes Crioulas e Mudas de Cunha reúne centenas de agricultores e visitantes


A 11ª Feira de Troca de Sementes Crioulas e Mudas foi realizada com sucesso em Cunha, reunindo cerca de 500 participantes que se deslocaram de 31 bairros vizinhos e 33 municípios da região para permutar sementes, grãos, hortaliças, mudas, estacas e tubérculos. Técnicos do evento identificaram que 153 variedades de espécies agrícolas, florestais e adubadeiras foram expostas sobre os longos e multicoloridos tecidos chita que adornavam a calçada em frente à Igreja Matriz da cidade.
A espécie que mais luziu no encontro foi o pinhão, produto do pinheiro-brasileiro, a Araucária angustifoliada. Sementes, mudas e pinhas inteiras foram objeto de trocas animadas entre agricultores tradicionais e os chamados novo-rurais, que recentemente trocaram suas moradas urbanas por uma vida mais saudável no campo.

Particpantes do evento na Praça da Matriz em Cunha

Alguns pinhões também brilharam no palco, resultado do concurso organizado pela Feira. A agricultora Lucimeire Alves de Toledo ganhou o Primeiro Lugar da competição “Maior Pinhão de Cunha” ao trazer do bairro Vargem Grande uma semente que pesou 16 gramas e recebeu troféu e prêmio em dinheiro. O segundo maior pinhão, com 15 gramas, veio da propriedade de Ana Paula Barros Moura, no bairro Paraibuna, e o terceiro, com 14 gramas, chegou pelas mãos de João Marcos Monteiro, do bairro Sertão de Santa Bárbara.
O evento também foi rico em palestras, oficinas e trocas de informações realizadas em três locais diferentes. Nesse ano, como a Feira de Troca de Sementes foi realizada no contexto do 21º Festival do Pinhão de Cunha, grande parte das apresentações enfocaram o pinhão. Os temas escolhidos foram os valores econômicos, culturais, ambientais e nutricionais da semente da araucária, assim como os saberes culinários que usam o pinhão em receitas de bolos, pães e sopas locais.
No Vale do Paraíba, Cunha foi a pioneira na criação dos encontros de trocas: sua primeira feira de sementes ocorreu em 2010. “Neste ano, o objetivo foi promover o incentivo do plantio da araucária e reafirmar os valores dessa espécie icônica para a comunidade local. Também proporcionamos um importante espaço para a troca de sementes, após a colheita de verão”, disse Jessica Marques, presidente da organização
socioambiental Serra Acima. “Nosso objetivo foi atingido, pois coletores e guardiões de sementes puderam se reunir para celebrar a diversidade. Participar dessa feira foi a melhor forma de celebrar o Dia da Terra e a safra do Pinhão!”.
O evento foi promovido pela organização Serra Acima, em parceria com organizações locais como APAC, BioCunha, AMPRASP, CATI, Parque Estadual da Serra do Mar, Pastoral da Ecologia, Instituto de Pesquisas Ambientais de SP e Ecomunidade Bem Viver, além do apoio da Prefeitura Municipal de Cunha e da Câmara de Vereadores do município.


Contato para entrevistas:
Silvana Braga (12) 99743-3949
Aline Caltabiano (12) 99707-6543

Texto e contato para fotografias:
Haroldo Castro (21) 99777-3399
22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page